Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019
Min:23º | Max: 33º


PREFEITURA DE PAÇO DO LUMIAR LANÇA O PROJETO CARROCEIRO LEGAL

Aproximadamente 200 carroceiros em Paço do Lumiar serão beneficiados com ações de inclusão social que objetivam dar mais dignidade para esse público. Essa é uma das principais metas do Projeto Carroceiro Legal, lançado na manhã dessa sexta-feira, dia 24, pela Prefeitura de Paço do Lumiar. Trata-se de uma ação coordenada pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, mas que evolve todos os órgãos da administração municipal, com o intuito ainda de conscientizar as pessoas sobre os cuidados que elas devem ter com os animais e o meio ambiente.

O lançamento do projeto aconteceu na Associação da Polícia Civil, no Maiobão. Presentes na solenidade estavam o prefeito Domingos Dutra (PCdoB); o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Pádua Nazareno; a secretária municipal de Planejamento e primeira-dama do Município, Nubia Feitosa; a presidente da Ong Patas em Ação, Andréa Ricci; o presidente do sindicato dos carroceiros de Paço do Lumiar, José dos Santos Melo; além de carroceiros, representantes do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran), da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (BPRV) e pessoas da comunidade.

Diagnóstico

O projeto foi desenvolvido tendo em vista a atuação situação dos carroceiros em Paço do Lumiar. Eles atuavam em precárias condições de trabalho e realizavam o descarte de resíduos em locais indevidos, contribuindo para a degradação ambiental.

Além disso, muitos desses profissionais submetiam os animais a cargas excessivas de peso ou então os deixavam soltos em locais indevidos. Outro problema bastante comum era os conflitos entre os carroceiros e os condutores de veículos, o que contribuía para deixar o trânsito perigoso.

Partindo desse diagnóstico é que foi desenvolvido o projeto Carroceiro Legal, objetivando a inclusão social, sustentabilidade e convivência harmoniosa no trânsito entre os condutores de veículos a tração animal e os motoristas de ônibus, automóveis e motocicletas.

Atuação

Entre as principais atividades a serem desenvolvidas, destacam-se: a promoção de um curso de formação de condutores para os carroceiros de forma a agregar valor à atividade, melhorar a autoestima e aumentar a renda; oportunizar o acesso a cursos de administração financeira, alfabetização ou cursos profissionalizantes; e conscientizar quanto ao tratamento adequado aos animais.

Durante as atividades do projeto, os carroceiros receberão conteúdos sobre legislação de trânsito; empreendedorismo; associativismo e cidadania; cuidados com os animais; educação ambiental; atendimento ao cliente; procedimentos operacionais específicos; tratamento de resíduos, entre outras informações.

“Esse era um dos nossos projetos de governo que estamos retomando. Vamos oferecer cursos de capacitação aos carroceiros e incluí-los na sociedade luminense de forma organizada, proporcionando a todos eles uma qualidade de vida e de trabalho melhor”, disse o Prefeito Domingos Dutra.

De acordo com o secretário Pádua Nazareno, titular da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, o projeto faz parte das ações do Maio Amarelo, que chama atenção para os cuidados que se devem ter para a garantia de um trânsito mais seguro.

“Esse é um projeto que visa mudar comportamentos, assim como o Maio Amarelo que visa mudar comportamentos no trânsito. Com essa iniciativa, estamos provando que estamos avançando e continuaremos assim”, afirmou o gestor.

Humanização

A secretária municipal de Planejamento e primeira-dama do Município, Nubia Feitosa chamou atenção para a necessidade de humanizar a atividade dos carroceiros, dando-lhes oportunidades reais para realizarem o seu serviço que é grande importância para a sociedade.

Ainda em seu discurso, ela afirmou também que esses profissionais devem colocar em prática ações para garantir o bem-estar dos animais.

“Nós precisamos dar aos animais esse olhar necessário. Enquanto trabalharem com os animais, não os deixem sem água ou alimento e evitem o excesso de peso, pois assim eles terão o descanso necessário”, pontuou a primeira-dama de Paço do Lumiar.

A mesma opinião foi compartilhada pela presidente da Ong Patas em Ação, Andréa Ricci.

“Eu vejo que nesse projeto podemos trabalhar tudo aquilo que os carroceiros anseiam, porém, sem esquecer o lado do animal, pois a senciência do animal já foi comprovada. Aproveito esse momento para pedir a sociedade que se empenhe um pouco mais quanto às denúncias de maus tratos”, destacou.

Francivaldo Sousa, de 45 anos, mora no Novo Paço e trabalha como carroceiro há sete anos. Ele afirmou que o projeto será de grande ajuda. “Eu mesmo já sofri muitos acidentes no trânsito. Com esse projeto, eu espero que melhore a situação de todos nós”, contou


Publicado em: 24/05/2019

Fotos da Matéria

Praça Nossa Senhora da Luz,,Centro, 01
Paço do Lumiar-MA
Telefone

2019 - Prefeitura de Paço do Lumiar - Todos os direitos reservados

Assessoria de Comunicação